Siga o Tricolor nas Redes

JEC é derrotado em Criciúma

O JEC teve mais posse de bola, foi mais agudo e finalizou mais vezes ao gol do adversário, mas acabou sendo derrotado pelo Criciúma neste domingo por 1×0 no estádio Heriberto Hülse. O duelo válido pela terceira rodada do Campeonato Catarinense marcou o primeiro tropeço tricolor na temporada, após três empates em três partidas.
O Jogo
O Joinville criou as melhores chances da primeira etapa. Com o calor de 33 graus no Sul do estado, o JEC tentou usar a troca de passes no meio-campo para chegar ao gol do Tigre. Outro ponto forte do Tricolor no início do jogo foi a bola parada. Logo aos 4 minutos, Lúcio Flávio cobrou escanteio para o cabeceio de Roberto, nas mãos do goleiro Luiz. Aos 12 minutos, Fabinho Alves invadiu a área pela ponta direita e Alex Ruan quase abriu o placar. Aos 21 minutos veio a primeira baixa. O atacante Ciro passou mal e precisou ser substituído por Marlyson.
O Criciúma passou a gostar do jogo e logo chegou ao gol. Aos 29 minutos, o atacante Jheimy aproveitou uma sobra de desvio da zaga para chutar no canto direito do goleiro Jhonatan. O JEC não sentiu o golpe e tentou correr atrás do prejuízo. Em duas oportunidades, o lateral Caíque disparou em velocidade para tentar os cruzamentos para a área do Tigre, mas em ambas as oportunidades a defesa conseguiu afastar o perigo.
Para o segundo tempo, o técnico Fabinho Santos fez mais uma alteração. Breno entrou no lugar de Alex Ruan, para buscar mais velocidade na ponta esquerda. E o Tricolor voltou melhor. A primeira chance veio logo aos 3 minutos. Após Fabinho Alves costurar a defesa adversária pela direita, a bola sobrou com Lúcio Flávio que chutou para uma grande defesa do goleiro Luiz. Aos nove minutos, de novo Fabinho Alves invadiu a área e tocou para Fernandinho, que deixou a bola para o atacante Marlyson finalizar por cima do gol do Tigre.
Aos 15, foi a vez do zagueiro Max cabecear com perigo após cobrança de escanteio do capitão Lúcio Flávio. O empate parecia cada vez mais próximo e o técnico Fabinho deixou a equipe ainda mais ofensiva colocando Gustavo Xuxa no lugar do volante Renan Teixeira, que fez partida segura em sua estreia pelo Tricolor. E a mudança quase surtiu efeito minutos depois. Aos 22, Xuxa tabelou com Caíque que invadiu a área e quase marcou. Na sequência, o próprio Gustavo Xuxa fez boa jogada pela direita e chutou da entrada da área para nova defesa se Luiz.
Já no final da partida, o Criciúma equilibrou as ações em contra-ataques. Mas as duas últimas chances de gol do jogo vieram novamente com Xuxa para o JEC. Aos 39, o ponta arrancou pela direita e cruzou para Marlyson, que acabou sendo travado pela defesa adversária. Por fim, o camisa 16 do JEC arriscou de perda esquerda para Luiz defender em dois tempos. No fim das contas, venceu quem conseguiu converter em gol a oportunidade criada: Criciúma 1×0 Joinville.
Ao final da partida o técnico Fabinho Santos lamentou o revés mas elogiou a postura da equipe tricolor no Heriberto Hülse. Clique aqui e ouça o que o comandante do JEC sobre o jogo.
O JEC volta a campo pelo Campeonato Catarinense nesta quarta-feira, contra o Metropolitano, em Joinville. O duelo ocorre às 21h45.

JEC joga melhor mas sofre derrota para o Criciúma no Sul do estado (Foto: Beto Lima/JEC.com.br)
JEC joga melhor mas sofre derrota para o Criciúma no Sul do estado (Foto: Beto Lima/JEC.com.br)

JEC joga melhor mas sofre derrota para o Criciúma no Sul do estado (Foto: Beto Lima/JEC.com.br)
JEC joga melhor mas sofre derrota para o Criciúma no Sul do estado (Foto: Beto Lima/JEC.com.br)

Compartilhe a Matéria
Rolar para cima