Siga o Tricolor nas Redes

Maria avisa: “Título não está perdido”

O técnico Hemerson Maria foi um dos primeiros a levantar o astral do Joinville. A equipe começou atrás na luta pelo título do Campeonato Catarinense, ao ser batida pela Chapecoense neste domingo. Em entrevista coletiva, o treinador informou que gostou da equipe na Arena Joinville e que avisou: “O campeonato não terminou”. O jogo de volta e decisivo ocorre no domingo seguinte, fora de casa.
Leia trechos da entrevista coletiva ou ouça a íntegra em áudio (clique aqui).

01052016-Sessão do Studio-194-11
“Não está perdido. Neste momento vamos elevar a autoestima. O mesmo grupo que perdeu a partida foi o que chegou à final. Senti orgulho de meu grupo. Fizemos a Chapecoense jogar o nosso jogo, não propôs o jogo. Foram eficientes, exploraram o nervosismo e a ansiedade. Os espaços estavam reduzidos, trabalhamos as jogas e tivemos posse improdutiva, sem o espaço que tivemos. Foram competentes no gol. Não vamos chegar ao extremo. Eles venceram e temos capacidade de ir lá e buscar o resultado que nos dá o título. O jogo contra o Comercial, na quarta, pode elevar a estima que precisamos”.
“Clássico e decisão de campeonato é assim. O jogo seria definido em detalhe. Faltou capricho no último passe. Faltou ter o capricho a mais na hora de finalizar. Não acho que fizemos um jogo ruim. Foi jogo de decisão, amarrado. Vamos trabalhar, foram os primeiros 90 minutos. Não vou dormir tranquilo, porque não gosto de perder em nada. Assim é o espírito do grupo do Joinville”.
“Foi dia do trabalhador e o grupo merecia a vitória, porque trabalha muito. Vamos lamber as feridas. Todos somos responsáveis e vamos trabalhar para alcançar nossos objetivos. Quero pedir ao torcedor para que não deixe de acreditar. O grupo merece, tomou pancada e conseguiu chegar na final. Estamos chegando e causando dificuldade”.

Compartilhe a Matéria
Rolar para cima