Siga o Tricolor nas Redes

Recuperado de lesão no joelho, Adriano fala sobre retorno aos gramados com a camisa do JEC

Adriano está de volta. Desde o início da pré-temporada no dia 9 de dezembro, o atacante revelado e uma das grandes promessas das categorias de base do JEC vem treinando normalmente com o elenco tricolor. O jogador, hoje com 23 anos, estava afastado dos gramados desde março, quando lesionou, pela terceira vez, o joelho – e pela segunda vez o direito.

Após mais de duas semanas de trabalho físico e com bola, Adriano diz estar se sentindo bem. “Quase (pronto). 100% ainda não porque fiquei muito tempo parado. Mas estou me sentindo muito bem. Falta um pouco da parte física, que a gente ganha com o tempo e com a pré-temporada, que é longa”, relatou o jogador.

O atleta, que retornou da folga de Natal nesta quinta-feira (26), no CT, também enalteceu o trabalho do departamento médico do Joinville, que, em parceria com a IOT (Instituto de Traumatologia e Ortopedia), foi o responsável pelo seu tratamento.

“Nós temos um departamento médico muito competente, de médicos e fisioterapeutas. A recuperação foi muito boa, tive um tratamento muito lá na IOT. Foram oito meses intensos, de muita luta, foi difícil, mas, graças a Deus, estou de volta e cada dia melhor”, completou o camisa nove.

Médico Cristiano Menegazzo ao lado do fisioterapeuta Rafael César.
Médico Claudecir Gambeta no gramado do CT. Fotos: Yan Pedro/JEC.

 

 

 

 

 

 

 

Como funciona a parceria com a IOT

Na parceria fechada no início desta temporada, o Tricolor conta com dois médicos: Cristiano Menegazzo e Claudecir Gambeta, ortopedistas referência no tratamento de lesões no joelho. Os profissionais se revezam para acompanhar a delegação nas viagens. Cristiano deu detalhes da lesão de Adriano e também da recuperação do atleta.

Adriano hoje tem 23 anos de idade.

“Ele já havia sido submetido a uma cirurgia. Durante um ano ele trabalhou sem nenhum problema. Por uma infelicidade, ele torceu novamente o joelho, ocasionando um rerruptura do ligamento cruzado anterior e uma ruptura complexa do menisco medial”, disse o médico, que completou. “Tivemos que submetê-lo a reconstrução do cruzado anterior, usando um enxerto de revisão, que é utilizado, que é o tendão patelar”.

Fisioterapeuta Mário Junior cumprimenta Leandro Bulhões.

Além da dupla responsável pelo contato direto com o elenco, o Joinville tem à disposição um quadro com 30 médicos da IOT, especialistas das mais diversas áreas da ortopedia. “A gente dá o atendimento primário, na medicina do esporte. Nós temos especialistas à disposição para o jogador que teve a lesão complexa no ombro ou em coluna”, afirmou Gambeta, ressaltando também a velocidade na realização de exames.

Confira o quadro de médicos da IOT aqui.

Compartilhe a Matéria
Rolar para cima