Siga o Tricolor nas Redes

Maria diz: “Melhor por vir”

Lutador, o Joinville chegou à final do Campeonato Catarinense e buscou o título estadual. Porém, não foi feliz neste domingo. Jogando em Chapecó, precisava vencer os donos da casa por dois gols de vantagem. O placar foi de empate. O técnico Hemerson Maria tratou de logo erguer o ânimo da equipe e, em entrevista coletiva, demonstrou otimismo depois do último jogo do estadual.
Leia trechos da entrevista coletiva ou ouça a íntegra em áudio (clique aqui).
IMG_0373
“Buscamos dentro do nosso limite. Somos sabedores de que faltou algo para a conquista do título. Agora é erguer a cabeça, temos um longo ano e temos o objetivo de subir para a Série A e fazer boa campanha na Copa do Brasil. Agradecemos aos torcedores que vieram para Chapecó, acreditaram na reversão e nos apoiaram. É um grupo lutador e se continuar assim, coisas melhores virão para nós”.
“Exalto o nosso grupo. Internamente, vamos conversar para que possamos evoluir. Em todo o momento tentamentos extrair o máximo dos jogadores. Eles deram uma boa respota e podem crescer mais para buscar as metas deste ano”.
“O nosso sentimento é de frustração. Conceder a entrevista depois do jogo é um compromisso profissional. Não é porque perdi que não viria. Os legados que minha família me deixou foi reconhecer o mérito dos outros e não baixar a cabeça. Tem a tristeza, chegamos perto. A Chapecoense foi a melhor equipe da competição e nós chegamos como surpresa. Poderíamos ter conseguido o sucesso aqui em Chapecó”.

Compartilhe a Matéria
Rolar para cima