Siga o Tricolor nas Redes

JEC fica no empate com o Santos

7
Com um campo totalmente encharcado, afinal são 43 dias de chuva em Joinville, Joinville e Santos ficaram no 0 a 0 na tarde deste domingo, na Arena Joinville, pela 34 rodada do Brasileiro da série A. Com o empate e a vitória do Vasco sobre o Palmeiras o Joinville volta para a última colocação da competição.
Teve que ser na vontade e na raça, habilidade e técnica não foi apresentado na tarde deste domingo. Na tentativa de jogadas aéreas e em muitas vezes com a ligação direta da defesa para o ataque as duas equipes tentaram o gol durante os 90 minutos, mas ele não saiu.
O Santos teve apenas um lance de maior perigo, quando o goleiro Agenor salvou o Tricolor em um chute a queima roupa de Ricardo Oliveira. Já o Joinville chegou com perigo em várias oportunidades. A equipe catarinense jogou o Santos para dentro do seu campo, tanto que no final o Santos comemorou o empate como se fosse uma vitória.
O goleiro Vanderlei salvou o Santos em várias oportunidades, mas o gol não saiu e no final a torcida do Joinville reconheceu o esforço dos jogadores, que lutaram os 90 minutos. Placar final Joinville 0 X 0 Santos.
O Tricolor volta a campo somente no dia 18/11, em Florianópolis, contra o Avaí, na Ressacada. Com essa paralização de 10 dias por causa das eliminatórias Sul-americana da Copa do Mundo. O Joinville se reapresenta no CT Morro do Meio na quarta-feira, 11/11, às 16hs, para iniciar a preparação para o confronto com o Avaí.
Ficha Técnica:
JOINVILLE 0 X 0 SANTOS
Local: Arena Joinville, em Joinville (SC)
Data: 8 de novembro de 2015, domingo
Horário: 18 horas (de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (MT-ASP-FIFA)
Assistentes: Eduardo Goncalves da Cruz (MS-ASP-FIFA) e Fabio Rodrigo Rubinho (MT-CBF-1)
Cartões amarelos: JOINVILLE: Marcelinho Paraíba, Fernando Viana. SANTOS: Lucas Lima, Daniel Guedes.
Cartão vermelho: JOINVILLE: Rogério
Renda: R$ 194.945,00
Público: 9.679 torcedores
JOINVILLE: Agenor; Mário Sérgio, Domingues, Guti e Diego; Danrlei, Anselmo, Silvinho (Edigar Junio) e Marcelinho Paraíba (Italo); Fernando Viana (Trípodi) e Kempes.
Técnico: PC Gusmão

Compartilhe a Matéria
Rolar para cima