Siga o Tricolor nas Redes

Hemerson Maria avalia ponto fora

O Joinville subiu a serra de Santa Catarina e conquistou um ponto, jogando um atleta a menos pela maior parte do tempo. Para o técnico Hemerson Maria, o JEC teve uma postura positiva quando em igualdade de jogadores em campo no 2 a 2 com o Inter de Lages. O treinador também demonstrou confiança na evolução do time tricolor na sequência do Campeonato Catarinense.
Leia trechos da entrevista coletiva após o jogo ou ouça a íntegra em áudio.
IMG_9656
“Em um comparativo dos dois tempos, o Joinville que queremos é o do primeiro tempo, e que vai jogar mais ainda. A bola passou nos três setores, com finalização. Poderíamos abrir o placar no primeiro minuto, criamos bem. Foi um Joinville que me agradou em termos ofensivo, de agressividade, e próximo do que queremos. No segundo tempo remontamos a equipe, em virtude da expulsão. O que atrapalhou nossos planos foi o gol antes dos 10 minutos da etapa, veio com muita força e sofremos um pouco. Depois melhoramos no jogo, quero ressaltar o espírito da nossa equipe. Tivemos poder de reação, com possibilidades ainda antes do Anselmo fazer o gol”.
“Fica de bom o comportamento tático e técnico do primeiro tempo e a determinação vontade e garra para sair com um ponto. Ainda não é o bastante, não é o que queremos, mas a equipe está no caminho certo. Não tenho dúvida disso”.
“Jogamos mais nesta partida, foi um bom primeiro tempo. Se fossemos mais eficientes no primeiro tempo poderíamos acumulado alguma gordura para administrar na etapa final. Para poder ter alguma tranquilidade. A expulsão do Naldo mudou o panorama, tivemos de mudar nossa proposta. Tivemos poder de reação e um pouco mais de eficiência no primeiro tempo e atenção no segundo, poderíamos ter saído daqui com a vitória”.

Compartilhe a Matéria
Rolar para cima