Siga o Tricolor nas Redes

Obrigado, guerreiro Anselmo

O Joinville Esporte Clube comunica que o volante Anselmo deixa de fazer parte do elenco profissional. O atleta foi negociado para outro clube brasileiro. Nesta terça-feira, ele falou pela última como atleta do JEC. Transmitiu por meio de palavras de agradecimento e carinho a identificação que demonstrou com a veste tricolor em 70 partidas.
O Joinville agradece muito aos serviços prestados pelo atleta e deseja sorte na sequência da carreira.
IMG_0764
Confira a seguir uma entrevista de despedida (clique aqui e ouça a íntegra em áudio).
O que dizer para a torcida após praticamente dois anos no Joinville?
A torcida é uma das mais bonitas que vi. Agradeço muito o carinho, por tudo. Ela lota a Arena, dá o incentivo. Fico com coração apertado de saudade em ver os torcedores na Arena Joinville, torcendo, sofrendo e tendo alegrias. Deixo meu carinho, sinto saudades. Vou continuar torcendo por eles e pelo JEC.
Você foi feliz com a camisa do Joinville?
Muito. Foi uma fase importante da minha carreira. Ninguém me conhecia. Vim do São Caetano, jogando a Série C do Brasileiro. Cheguei no clube, tive o acesso, o título da Série B do Brasileirão. Disputei o Catarinense em que fomos campões em campo. Em Joinville, com exceção do descenso, só tive alegrias. Chegamos na final do estadual em 2016, não deu. Mas fui feliz, um bom momento na carreira, me destaquei na humildade, tentando ajudar o clube. Só tenho agradecer. Ainda recebi o prêmio de melhor volante, bola de prata como craque do Catarinense. Saio com o sentimento de dever cumprido.
Anselmo
Quais os momentos especiais?
Dois ficarão marcados. Um foi a festa ao chegar em Joinville com o acesso à Série A. A outra foi o torcedor gritando meu nome no meu último jogo pelo clube. Ficará na minha cabeça e levo para sempre o carinho de todos.
Obrigado, guerreiro!

Compartilhe a Matéria
Rolar para cima