Siga o Tricolor nas Redes

Maria fala sobre jogo em Chapecó

O Joinville tem a chance de conquistar vaga na final do Campeonato Catarinense neste domingo. Por isso, o técnico Hemerson Maria, entre outras formas, considerou ser “um jogo de alto grau de dificuldade” o que o JEC tem às 16h deste domingo, na Arena Condá. Em entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira, o treinador falou sobre o confronto ante a Chapecoense.
Leia trechos da entrevista coletiva ou ouça a íntegra em áudio (clique aqui).
IMG_6113
“É um jogo de alto grau de dificuldade, contra a melhor elenco do campeonato. Para eles, é a última chance de antecipar uma conquista de título, e nós não podemos acomodar a vantagem que temos. Não podemos entrar no jogo administrando a vantagem o que conquistamos com tanto sofrimento. Temos de jogar fortes e concentrados para sairmos com o título do turno”.
“Procuro conscientizar os jogadores para termos a motivação interna. Os números mostram que a equipe está em crescimento. O nível de confiança dos atletas está aumentando. É nítida a evolução dos jogadores. Taticamente e tecnicamente, junto com a parte física, a equipe cresce. Teremos de ser eficientes, isso que prego aos jogadores, para sairmos com o resultado positivo”.
“Vai ser uma guerra. A Chapecoense vai tentar buscar o resultado. Não pode haver acomodação no grupo. Depois, temos logística para treinar, descansar e se ambientar (ao jogo da Copa do Brasil). Temos a possibilidade de conquistar o que parecia impossível. Eu não imaginava essa possibilidade, sendo realista, de chegar a duas rodadas antes do término do turno ter chance que temos. Isso é mérito do grupo guerreiros, de toda a comissão técnica e de todos os funcionários do clube”.

Compartilhe a Matéria
Rolar para cima