Siga o Tricolor nas Redes

Joinville e São Paulo ficam no empate

12
Foi um teste pra cardíacos. Uma tarde e noite chuvosa, trânsito totalmente congestionado, torcedores chegando correndo para pegar pelo menos o segundo tempo, e mesmo assim mais de 13 mil pessoas vieram ver um verdadeiro jogo de futebol.
Joinville e São Paulo entraram em campo com a mesma proposta, a de vencer, nenhum outro resultado passava pela cabeça dos jogadores. E foi isso que eles mostraram dentro de campo, um jogo aberto, de muitas oportunidades de gol.
O Joinville acertou a trave duas vezes e perdeu pelo menos mais dois gols claríssimos. O São Paulo acertou o travessão uma vez e perdeu outro gol claro. Se tivesse que ter um vencedor, até pelas oportunidades claras de gol essa vitória teria que ser do Joinville.
O Tricolor de Santa Catarina jogou o temido São Paulo para dentro do seu campo. O tricolor Paulista se retrancou e ficou na defesa contra o Joinville, que se mostrou superior, faltou o gol para abrilhantar a noite do Joinville.
Mas no último lance da partida por muito pouco o castigo não se fez presente na Arena Joinville. Alexandre Pato, sozinho, dentro da pequena área, cabeceou, o goleiro Agenor praticou um verdadeiro milagre. Ele defendeu a bola subiu e no momento que ele caiu conseguiu ainda agarrar a bola com firmeza, foi o último lance da partida.
O placar de 0 a 0 não foi comemorado pelo Joinville, mas também não foi de todo ruim. O Joinville continua a sua luta para sair da zona de rebaixamento. O adversário desta quarta-feira foi o São Paulo, que está dentro do G4 e que luta diretamente pelo título.
O próximo compromisso do Joinville será já no próximo sábado, em Curitiba, diante do Atlético Paranaense., na Arena da Baixada, ás 21hs.
Ficha Técnica:
JOINVILLE 0 X 0 SÃO PAULO
Local: Arena Joinville, em Joinville (SC)
Data: 02 de setembro de 2015, quarta-feira.
Horário: 19h30 (de Brasília)
Público: 13.604 pagantes
Renda: R$ 394,840,00
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Guilherme Dias Camilo (MG)
Cartões amarelos: Guti, Edson Ratinho e Kempes (Joinville); Renan Ribeiro, Edson Silva, Wesley, Thiago Mendes e Alexandre Pato (São Paulo)
JOINVILLE: Agenor; Mario Sérgio, Bruno Aguiar, Guti e Diego; Naldo, Fabrício (Danrlei), Kadu (Kempes) e Edson Ratinho, Marcelinho Paraíba e Edigar Junio (Silvinho) Técnico: PC Gusmão
SÃO PAULO: Renan Ribeiro, Bruno, Lyanco, Edson Silva e Reinaldo (Matheus Reis); Wesley, Thiago Mendes, Michel Bastos (Daniel) e Paulo Henrique Ganso; Wilder (Centurión) e Alexandre Pato. Técnico: Juan Carlos Osorio

Compartilhe a Matéria
Rolar para cima