Siga o Tricolor nas Redes

JEC e Galo ficam no empate

 
Foi uma partida de tirar o fôlego do torcedor. Gols anulados, reclamações de pênaltis e 4 gols na partida que terminou em um empate em 2 a 2. O Joinville precisava da vitória, não começou muito bem a partida, mas depois dos 15 minutos igualou as ações no jogo e foi melhor na primeira etapa. Todos os gols saíram no segundo tempo, mas emoções não faltaram também no primeiro tempo.
As duas equipes tiveram lances de gols, mas quem ficou na bronca no primeiro tempo foi a torcida do Joinville. Primeiro pedindo um pênalti, a bola parecia ter tocado no braço do jogador Atleticano, mas na verdade o árbitro acertou, a bola bateu no quadril do zagueiro do Galo. O árbitro Raphael Klaus expulsou o Auxiliar Técnico Franco Muller, segundo o árbitro por reclamação.
Logo depois Marcelinho Paraíba recebeu a bola na entrada da área do lado esquerdo, ao dominar a bola tocou levemente em seu braço, Marcelinho marcou o gol, mas o árbitro anulou marcando o toque de mão. A torcida reclamou muito, PC Gusmão também acabou sendo expulso pelo árbitro.
Na segunda etapa o Joinville voltou com mais sede de vitória. O jogo era equilibrado. Kempes recebeu uma bola na entrada da área, sem marcação, mas bateu fraco. O goleiro Victor puxou rapidamente o contra-ataque e a bola acabou sobrando nos pés de Luan que empurrou para as redes abrindo o marcador. Joinville 0 X 1 Atlético/MG, aos 7 minutos do segundo tempo.
O Joinville não desistiu do jogo, continuou colocando pressão. Aos 16 minutos, cobrança de escanteio de Marcelinho Paraíba, Kempes entrou com um raio e cabeceou forte, no alto, em cima do goleiro Victor que não teve reação, tudo igual no placar da Arena. Joinville 1 x 1 Atlético/MG.
O tricolor queria a vitória e se jogou totalmente pra cima. Alexandre Souza, preparador físico que comandou a equipe na segunda etapa, fez duas alterações. A primeira aos 20 minutos, com a entrada de Mário Sérgio no lugar de Kadu. Mário Sérgio foi pra lateral direita e Edson ratinho compôs a meia cancha, apoiando no ataque. A segunda alteração foi aos 28 minutos com a saída de Edigar Junio para a entrada de Willian Popp.
Mas o Atlético marcou o segundo, em sua característica nesta tarde na Arena, no contra-ataque. Luan fez a jogada pela direita e cruzou para Thiago Ribeiro, que tinha acabado de entrar, no primeiro toque dele na bola colocou o Galo na frente do marcador mais uma vez, aos 36 minutos da segunda etapa. Joinville 1 X 2 Atlético/MG.
Quando muitos pensavam que a derrota já era certa, um minuto depois, aos 37, Willian Popp arriscou da entrada da área pelo lado esquerdo, uma bomba, no ângulo de Victor que não por onde a bola passou, um golaço. Joinville 2 X 2 Atlético/MG.
O Joinville tentou até o último minuto, deu tudo dentro de campo, todas as forças, mas o placar ficou no empate na Arena Joinville. O próximo compromisso do Tricolor será no domingo, mais uma vez ás 11hs da manhã, no Maracanã, contra o Flamengo.
Ficha Técnica:
Local: Arena Joinville, em Joinville (SC)
Data-hora: 27/9/2015 – às 16h
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Carlos Augusto Nogueira Júnior (SP)
Gols: Luan – 6’/2ºT (0-1); Kempes – 16/2ºT (1-1); Thiago Ribeiro – 36’/2ºT (1-2); William Popp – 38’/2ºT (2-2)
Cartão amarelo: Bruno Aguiar, Rogério (Joinville); Jemerson, Douglas Santos (Atlético-MG)
JOINVILLE: Agenor; Edson Ratinho, Bruno Aguiar, Guti e Rogério; Anselmo, Kadu (Mario Sergio – 20’/2ºT), Marcelinho Paraíba (Fernando Viana – 37’/2ºT) e Lucas Crispim; Edigar Junio (William Popp – 28’/2ºT) e Kempes. Técnico PC Gusmão.
 
ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Jemerson e Douglas Santos; Leandro Donizete, Rafael Carioca (Josué – 20’/2ºT), Giovanni Augusto, Dátolo (Carlos – 26’/2ºT) e Luan; Lucas Pratto (Thiago Ribeiro – 34’/2ºT). Técnico Levir Culpi.

Compartilhe a Matéria
Rolar para cima