Siga o Tricolor nas Redes

Sem folga. Equipe foca no Metropolitano

interna
Depois da vitória no clássico na noite desta quarta-feira, 25, diante do Figueirense, pelo placar de 1 a 0, com gol de Tiago Luis, o Joinville Esporte Clube se reapresentou na tarde desta quinta-feira, 26, no CT Morro do Meio, para iniciar os trabalhos visando o confronto da oitava rodada do Catarinense, domingo, em Blumenau, contra o Metropolitano, ás 16hs, no Estádio do Sesi.
A vitória não deixou a equipe em uma zona de conforto, mas tirou um peso da necessidade de somar três pontos no clássico e encaminhar a classificação. Matematicamente o tricolor ainda não garantiu a vaga para a segunda fase, o hexagonal, mas está bem próximo de alcançar.
No trabalho desta quinta-feira, Hemerson Maria comandou um trabalho tático com os atletas que participaram menos de 45 minutos ou que não foram relacionados na partida de ontem. Para os que participaram mais de 45 minutos o trabalho foi regenerativo.
 
Departamento Médico:
Três atletas deixaram o gramado sentido algum tipo de lesão na noite de quarta-feira, 25. Anselmo foi o primeiro a deixar o campo. Ele sentiu a posterior da coxa direita, mas não foi a mesma lesão que o tirou das últimas quatro rodadas do estadual. Anselmo realizou exame de imagem na tarde desta quinta-feira, 26. O resultado só deverá sair na sexta-feira, 27.
Marcelo Costa sentiu uma fisgada no adutor esquerdo e também foi substituído na partida diante do Figueirense. Marcelo fez exames pela manhã. Ele teve um pequeno estiramento e está entregue ao departamento médico.
O terceiro, e mais grave, foi o atacante Fabinho. Em uma disputa de bola com Jean Deretti, ex-Joinville, o atleta caiu de mau jeito e acabou fraturando a clavícula. Fabinho terá que passar por uma cirurgia no ombro. A data da cirurgia ainda não foi marcada.
Além dos três atletas que se lesionaram na noite de ontem, Jael é outro que continua entregue ao departamento médico. Depois de uma lesão no tornozelo na reta final do Brasileiro da série B do ano passado, Jael foi operado duas vezes e vem se recuperando com os melhores especialistas. O atacante está na reta final do tratamento acompanhado pelos fisioterapeutas do clube.
Bruno Furlan se machucou em um dos treinos realizados durante a semana que antecedeu o clássico com o Figueirense. Ele teve uma lesão na posterior da coxa esquerda e deve desfalcar a equipe na partida diante do metropolitano.

Compartilhe a Matéria
Rolar para cima