Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Depois da classificação para a segunda fase da Copa do Brasil, o JEC tinha mais um grande desafio fora de casa, agora pelo Catarinense. O Tricolor foi até a capital do Estado para encarar o Figueirense, infelizmente o resultado positivo não veio. O JEC acabou sendo derrotado pelo placar de 1×0.

O JOGO

Quem começou levando perigo foi o Joinville. Com apenas dois minutos de partida, Thiago Alagoano fez ótima jogada individual e tentou o cruzamento para Marlyson, mas a zaga do Figueirense fez o corte. A resposta dos donos da casa aconteceria quatro minutos depois. Maikon Leite driblou três defensores do Tricolor e bateu da entrada da área, Matheus fez a defesa sem muitas dificuldades. Era pelo lado direito do Furacão que viriam as melhores jogadas, sempre nos pés de Maikon Leite. Em mais uma jogada individual, aos quinze minutos, o atacante cruzou na área e a bola ia entrando para gol, mas Henan acabou tocando na bola em posição irregular, gol anulado. A blitz alvinegra continuava, agora a oportunidade veio em uma cobrança de falta, aos 18 minutos. João Paulo cobrou com categoria e a bola passou rente a meta de Matheus. A dupla Maikon Leite e Henan apareceram outra vez, agora aos 28 minutos. O camisa 7 fez o cruzamento na área e o atacante, sozinho, cabeceou por cima do gol. Todo esse domínio do Figueirense só seria quebrado aos 36 minutos da primeira etapa. Thiago Alagoano invadiu a área pelo lado esquerdo e bateu forte, acertando a rede pelo lado de fora. O Tricolor acabou ganhando confiança, criando mais duas grandes chances pouco tempo depois. Alex Ruan carregou a bola desde a defesa, ele percebeu o espaço e arriscou o chute. A bola raspou a trave e foi para fora. No lance seguinte, Thiago Alagoano apareceria de novo. O camisa 10 foi para cima da marcação, driblou o zagueiro e mandou de perna direita, buscando o canto, mas a bola acabou saindo pela linha de fundo. No fim do primeiro tempo, o Figueira responderia levando muito perigo.  Henan saiu cara a cara com Matheus, driblou o goleiro e estava pronto para comemorar, mas o zagueiro Lazio tirou a bola em cima da linha. Fim de papo na primeira etapa: 0x0.

O time do Figueirense começou o segundo tempo levando o perigo. Com seis minutos de partida, João Paulo arriscou um chute de muito longe, passando próximo a meta de Matheus. A resposta do JEC não demorou muito para aparecer, aos 11 minutos, Dick e Elias tabelaram, a bola sobrou para Thiago Alagoano que arriscou o chute sem ângulo, mandando a bola para fora. Uma grande chance só voltaria a aparecer dez minutos depois, agora a favor dos donos da casa. Maikon Leite cruzou, a zaga do JEC acabou vacilando e Henan cabeceou livre, levando bastante perigo ao goleiro Matheus. Com 23 minutos na segunda etapa, um contra ataque do Figueira, Ferrareis acabou finalizando mal e Matheus fez a defesa sem problemas. Próximo aos 3o minutos de jogo, Zê Antônio cobrou a falta com categoria e o nosso goleirão Matheus acabou fazendo uma excelente defesa. Toda essa pressão poderia resultar em gol, ele acabou vindo. Aos 38 minutos, bola alçada na área do JEC e Jorge Henrique meteu a cabeça nela, colocando no fundo das redes: 1×0 para os donos da casa. O Tricolor acabou não conseguindo levar mais perigo, fim de partida e derrota do Joinville.

Rogério Zimmermann avaliou a partida da seguinte maneira: “Foi um jogo em que as duas equipes buscaram o gol, foi uma ótima partida, mas eles tiveram a competência na hora de marcar e aproveitaram a oportunidade que tiveram. Temos que dar o parabéns para o Figueirense. Fizemos um bom jogo, principalmente no primeiro tempo. Criamos duas, três oportunidades de gol. E o que eu mais lamento nessas três derrotas fora de casa é que nós poderíamos ter um resultado melhor em qualquer uma delas. Tivemos um volume normal para quem está jogando fora de casa, mas não transformamos em um resultado positivo, os três adversários podem ter tido um pequeno domínio no jogo, não tão grande e isso chateia. Se somos massacrados pelo adversário, ai podemos dizer que foi mérito deles, mas com a partida parelha desse jeito, acaba que faltando virar uma situação para gente”, finalizou.

Agora o JEC volta a jogar em casa, o próximo adversário é o Hercílio Luz, na quarta-feira (07), às 20h30, na Arena Joinville.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.