26/11/13 - Copa SC

JEC bate o Guarani na Arena

Tricolor é o líder isolado da competição, com seis pontos ganhos

Por: Assessoria de Imprensa JEC
Arena Joinville - 26/11/13 / Terça: 20:30
JOINVILLE
3
1
GUARANI
Gol(s): Diogo Dolen
Gol(s): Edigar Junio, Marcelo Costa e Fernando Viana

Sem dificuldades, o Joinville chegou a sua segunda vitória seguida na Copa SC. Edigar Junio, Marcelo Costa e Fernando Viana balançaram as redes e garantiram o placar de 3 a 1 para o JEC diante do Guarani de Palhoça, na Arena Joinville, pela segunda rodada do quadrangular final. Agora o Tricolor se prepara para enfrentar o Ceará, sábado, fora de casa, na partida que marca a última rodada da Série B do Brasileiro. Pela Copa SC, o JEC volta a campo no dia 4, contra o Metropolitano, em Blumenau.

O jogo

IMG_8951As principais jogadas do Joinville no primeiro tempo aconteceram pelo setor direito do campo, mais especificamente com Eduardo e Francis. Foi assim que o Tricolor balançou as redes logo aos 10 minutos de jogo. Em jogada de profundidade, o atacante Francis cruzou na medida para Fernando Viana cabecear. O goleiro Henrique deu a sobra e Edigar Junio, com tranquildade, colocou a bola no fundo da rede.

O Tricolor, aplicando forte marcação, dominava as ações da partida. Os visitantes só chegaram ao ataque uma única vez nesta etapa. Foi quando Cleberson invadiu a área e exigiu o reflexo do goleiro Oliveira, que afastou o perigo para escanteio.

Na volta do vestiário o Guarani surpreendeu nos minutos iniciais. Diogo Dolen, que havia acabado de entrar, chutou com categoria no canto de Oliveira para deixar tudo igual na Arena.

Com o gol tomado o JEC se lançou ao ataque. E após as investidas com Edigar Junio e Bruno Costa, cabeceando próximo ao gol, o Tricolor teve um pênalti a seu favor, sofrido em cima do garoto Fernando Viana. Marcelo Costa bateu com perfeição e colocou a equipe novamente na frente do placar: 2 a 1.

O terceiro tento veio de forma natural. Após confusão dentro da pequena área, a bola sobrou sozinha para Fernando Viana marcar o seu segundo gol na competição: 3 a 1. Com a larga vantagem, o Joinville apenas administrou até o árbitro Célio Amorim apitar o final da partida.

Escalações das Equipes:

1 Oliveira

2 Eduardo

3 Sandro

4 Bruno Costa

5 Naldo

6 Rafinha

7 Francis

8 Marcelo Costa (20 Clebinho)

9 Fernando Viana

10 Diogo Oliveira (18 W. Bruno)

11 Edigar Junio (16 Hernani)

Técnico: Sergio Ramirez

1 Henrique

2 Luiz Antônio

3 Marcão

4 Caca

5 Eduardo

6 Felipe Rubin (13 - Bueno)

7 Ceará

8 Lucas Mateusc

9 Alan (18- Renato Maceió)

10 Cleberson

11 M. Gaúcho (16 - Diogo Dolen )

Técnico: Nilton Severo

Comentários