O TIME

Comissão Técnica

Treinador

Atacante de velocidade e o terror dos goleiros adversários: Fabinho virou ídolo da torcida tricolor no final dos anos 90 ao fazer parte de uma equipe quase imbatível dentro de Santa Catarina, inclusive anotando o gol do título do Campeonato Catarinense de 2000, contra o Marcílio Dias, no Ernestão. Ainda como jogador, se destacou no futebol japonês antes de pisar na área técnica. Após levar os garotos do sub-20 do JEC às semifinais da Copa do Brasil 2015 da categoria, Fabinho foi promovido a auxiliar técnico permanente do clube no ano seguinte. Com o processo de renovação e o projeto de utilização das categorias de base, foi efetivado em dezembro de 2016 como o técnico dos profissionais do Joinville. Alguém é capaz de duvidar de onde o baixinho de Telhas-SE ainda pode chegar?

 

Demais integrantes

Supervisor – Gilson Sagaz

Assistentes técnicos – Ricardo Quandt e Daniel Tenório

Preparador físico – Cassiano Nunes

Preparador de goleiros – Michel Schumacher e Marcos Antônio Ronconi (Marcão)

Analista de desempenho – Dênis Faria da Silva

Chefe do Departamento Médico – André Vilela

Fisiologista – Lucas Loyola

Fisioterapeutas – Edson Pietschmann, Sérgio Yoshimura e Thiago Messias

Nutricionista – Luana Martins

Massagistas – Carlos Lincoln e Douglas Mendes

Mordomo – Sérgio Roberto Braga e Michel Vieira